segunda-feira, maio 28, 2007

Don't lay any certain plans for the future it is like planting toads and expecting to raise toadstools

Image Hosted by ImageShack.us

Mestre Isplinter, tinhas que vir falar do aquecimento global, do petróleo e de vegetarianismo! Fodasse, tinha de ser! Vou ter de contra-Adbustizar o teu post afirmando peremptóriamente que prever o futuro é, e prevejo que vai ser sempre, impossível. Conhecer o Presente já é suficientemente díficil, obrigado.
Nisto de prever o Futuro um gajo acaba sempre por ficar a parecer idiota. O Júlio Verne, sim "Júlio" como em Júlio Isidro, que nestas coisas de prever o futuro não gosto nada da modernice de lhe chamar "Jules", o Júlio Verne dizia eu, até ele coitado asneava de vez em quando.
Um gajo, por muito brilhante que seja acaba sempre por dizer merda (aproveito para dizer que eu também não gosto nada de ler links seguidos que não dizem especificamente sobre o que tratam, como na última frase antes deste parêntesis, por isso é assim: brilhante é o Thomas Pynchon que escreveu o Gravity's Rainbow, onde se insinua que o futuro passa por esse conceito maravilhoso que é o correio por míssil).
Para minimizar a aparência idiota ao menos, nisto de previsões futuristas, dá sempre para meter a famosa frase "prognósticos só no fim do jogo", como é que ainda há gente a dizer esta merda não sei, tinha piada quando apareceu mas já chateia há muito tempo. Prevejo que ainda vá ser dita por décadas, hei-de ser velhinho e ouvir os meus netos "Vô, não posso dizer se vou passar no exame de código de astro-carro-anfíbio-voador-nave-espacial-ITunes, prognósticos só no fim!". Cona da prima! E além do mais sempre preferi a "João Pinto, o que é que achou do jogo? - Eu não achei nada, o Aloísio é que achou um pente no balneário!", que injustiça fizeram a esta frase, foi como no Dreamgirls quando a irmã sem talento é que fica famosa só por ter mamas maiores. (A propósito, prevejo que a Jennifer Hudson continuará a ser menos famosa que a Beyonce já que, embora muito mais talentosa, não é tão boa.)

Por isso para não correr o risco de parecer um néscio para as gerações vindouras, sim que eu preocupo-me com a imagem que de mim terão as pessoas todas vestidas de prateado do futuro, mais vale ir pela via segura: prever apenas coisas que não dá para errar de tão óbvias que são. O Futuro vai ser assim:

O Futuro. Garantido!

Sem comentários:

Publicar um comentário