sexta-feira, outubro 31, 2008

Deus, apenas, sabe

Amanhã faz 24 anos o disco "Treasure" dos Cocteau Twins. Todo o disco é "brutal" (o que eu gosto desta palavra pá) mas assinalo o aniversário principalmente porque lá por dentro do disco está uma das canções mais belas da existência humana, daquelas tão superlativas que não temos na língua superlativos superlativos o suficiente para a descrever (e estou a ser comedido). Fica aqui um youtube dessa canção, aconselho que se abstraiam das imagens, ponham o som bem alto e se nunca a ouviram antes, preparem-se para algo que nunca ouviram antes:



Coctaeu Twins - Lorelei

quinta-feira, outubro 30, 2008

Intrepid Ibex is here!

Sai hoje a nova versão do Ubuntu Linux. Aconselho seriamente que não saquem nem instalem porque o Windows é muito melhor. Melhor a espiar o utilizador, melhor a usar todos os recursos do pc para nada, melhor a ser uma merda, um melhor-hitler digamos assim. Por isso nem me dou ao trabalho de linkar o Linux novo, se o quiser procure, se não vá-se foder muito obrigado que aqui tudo bem.

Se eu ainda estivesse no mercado, a quantidade de gajas que eu comia à conta do meu Linux. Sim, estou ciente da aparente impossibilidade de comer gajas à conta de um sistema operativo. Mas a questão que você tem de se fazer é a seguinte: "quantas gajas é que já comi à conta do Windows?". Pois. Video mais ou menos relacionado:

quarta-feira, outubro 29, 2008

E aqueles rodapés nos anúncios de medicamentos? Fodasse!

Também não sou louco por aqueles empregados de café que têm mesmo de lavar trinta copos antes de te atenderem...

quinta-feira, outubro 23, 2008

Provavelmente não

quarta-feira, outubro 22, 2008

Porque é sempre bom quando alguém mostra que NÃO SABE NADA DE NADA

Pergunta: Brandon Garcia wants to know, “What does the Vice President do?”

SARAH PALIN: That’s something that Piper would ask me (...) They’re in charge of the U.S. Senate so if they want to they can really get in there with the senators and make a lot of good policy changes that will make life better for Brandon and his family and his classroom.

Esclarecimento

Só para esclarecer definitivamente que nós aqui - e por "nós" quero dizer "eu", claro, que eu cá gosto do plural majestático. E de waffles, também gosto de waffles. - nós aqui, dizia eu, somos perfeitamente imparciais.

Aliás, confrontando determinados comentários neste blogue que os nossos leitores não fizeram, mas pensaram, não temos qualquer inclinação a favor do Sr. Senador Presidente dos Estados Unidos da América Barack Obama.

Nós dizemos é aos Americanos: vão votar. Vão e votem. E, acima de tudo, não se esqueçam, não votem em branco.

Não ao voto em branco!

É importante sublinhar isto: caro cidadão americano, quando estiver na cabine de voto, não vote em branco. A Chave do Euro-Milhões não toma qualquer posição na sua escolha desde que esta não seja voto em branco.

NÃO VOTE EM BRANCO!

Prontos.

terça-feira, outubro 21, 2008

Agora que o filme está para sair, o Druida fala sobre Watchmen

A cultura de auto-responsabilidade e o "blame the victim" na direita portuguesa dos dias que correm

Na entrevista à TVI ontem:

Constança Cunha e Sá: "Mas as pessoas não têm essa opinião..."

Manuela Ferreira Leite: "As pessoas não têm essa opinião porque não nos ouvem!"

("transcrição" do que me lembro, claro que ninguém no PSD se deu ao trabalho de transcrever a entrevista para, sei lá, um gajo saber o que eles andam a dizer...)

quinta-feira, outubro 16, 2008

quarta-feira, outubro 15, 2008

A Chave das E. U. A.-leições, parte 6

Bom, o Presidente Obama vai ganhar as eleições para Presidente Obama dos Estados Unidos da América. Mas isso não quer dizer que a minha cobertura das eleições abrande só por causa disso! Já a minha preguiça crónica e a falta de novidades bombásticas quer.



Por isso, salta mais uma reciclagem requentada do debate Vice-presidencial:



(para ver a letra clique no ecrã para ir ao YouTube e clique no "more info")

terça-feira, outubro 14, 2008

Mestre Isplinter Assegura

Mestre Isplinter, como aqui já foi dito, é advogado.

Hoje, Mestre Isplinter teve a oportunidade de dizer, em voz alta e em plena audiência, a um sr. testemunha arrolado contra a parte de Mestre Isplinter, e que entrou testemunha e saiu arguido, o seguinte: "Não tenha medo de dizer merda. Continue a dizer merda que é isso que é preciso."

segunda-feira, outubro 13, 2008

A Crise Do Dólar-Milhões

A explicação definitiva da crise financeira: a crise financeira explicada às crianças.

Como já alguém mencionou, só falta a parte em que entram os pais e pagam o valor total por aquela carta de pokémon, permitindo-lhe continuar a emprestar dinheiro em troca de rectângulos de cartão.

Duma maldita vez por todas: um 7 NÃO é uma letra pôrra!

Nos anos 80 havia um jornal chamado (parece-me) Sete. E chamava-se (parece-me) "Sete" apesar de o título aparecer escrito "Se7e", com o número 7 a fazer de letra "t" (parecia-me). Sempre parti do prícipio que se chamava "Sete", com o número a fazer as vezes de uma letra com a qual até é graficamente parecido e tal - e não se chamava idioticamente "Se-sete-te". Tá boa pá - pensei à altura - um 7 em vez de um "t", original e estranho e o caralho.

Mas hoje começo a duvidar disto, se calhar chamava-se mesmo "Se-Sete-te". E porque começo a duvidar disto?

Porque, porque, repito, porque, passados uns anos apareceu um filme chamado "Seven", filme muito bom com o Brad Pitt e com o Morgan Freeman. O problema é que os cartazes desse filme tinham escrito o título da seguinte forma: "Se7en", com o número 7 a fazer de "v" (e eu parti do princípio que o filme não se chamava "Se-sete-en" nem "Se-seven-en"). Pôrra pá, mas afinal o número sete, quando a representar uma letra é um "t" ou "v"? - pensei eu na altura. O meu problema com a coisa ficou parcialmente resolvido quando me apercebi que no título em português o número 7 aparecia a fazer de "t", tal qual como no jornal dos anos 80: "Se7e Pecados Mortais". "Ah prontos - pensei eu - afinal o número 7, representa um "v" em inglês, mas em português quer dizer "t"! Okapa."

Ora esta minha ingénua crença foi recentemente abalada por uma banda portuguesa chamada (preparem-se) "Per7ume". E não, ao contrário do que inicialmente tentei convencer toda a gente a banda não se chama "Per-sete-ume", é suposto ser mesmo "Perfume", com um número 7 a fazer de... "f"! Pôrra-merda pá, um caralho de um "f"?!!! 7oda-se!!! Afinal não só o número 7 não quer dizer "t", como pelos vistos pode fazer as vezes de qualquer letra do abcedário, mesmo que não seja sequer remotamente parecida graficamente!

Conselho de amigo e pista inestimável ao pessoal que acha que substituir letras pelo número 7 é altamente: não façam essa merda, não só não fica muito cool a porcaria do nome do vosso jornal\filme\banda\exposição, como vocês acabam por parecer todos atrasados mentais!

A final, um exercício. Metam pause neste video do youtube aos três minutos e cinco segundos, metam estoutro em pause aos aos cinquenta e oito segundos, e esperem um bocado em silêncio. Depois metam o primeiro a andar, ouçam durante uns 30 segundos, pausem-no e logo a seguir metam a andar o segundo! Tari!

sexta-feira, outubro 10, 2008

Mestre Isplinter Censura

Fatboy Slim, feat. David Byrne e Dizzee Rascal - "Toe Jam"

Mestre Isplinter continua achando que ao minuto e quarenta e sete é pura magia

A Chávez das E.U.A. - leições: Mas quem é que ganha afinal?

Porque é que Barack Obama vai ganhar as eleições? Porque ele é o melhor candidato. Porque ele tinha razão sobre o Iraque. Porque ele dá esperança às pessoas. Porque ele tem um plano. Porque ele é dos raros candidatos democratas que faz as pessoas irem votar de propósito. Porque ele é o Neo do Matrix.

Porque é que John McCain vai ganhar as próximas eleições? Porque os americanos são racistas. Porque os americanos são fachos. Porque os americanos são ignorantes. Porque os americanos não gostam do Matrix.

quinta-feira, outubro 09, 2008

Amor com a boca cheia

Bem. Isto é mau. Secalhar demais para ser verdade. Momentos de intimidade postos na net por terceiros. Não ver. Está aqui, mas não ver. Pornografia pura. Mau. Mas cada um é para o que nasce, e a Sra. não nasceu para falar. Terá sido mais para dar outros usos à oralidade. No entanto isto é puro voyeurismo, do mais baixo e reles que há. Mesmo ao meu estilo.

quarta-feira, outubro 08, 2008

Um cheirinho a moda

para desenjoar de tanta politiquice.

Lasers! Lazeres! Leiséres!

Anos 80. Fotos. Cenários de lasers.

Para que o mundo não esqueça.

segunda-feira, outubro 06, 2008

They are back

sexta-feira, outubro 03, 2008

O meu avô

O meu primo tem seis anos. O meu avô tem uma data deles.

O meu avô, além de uma data de anos, tem também duas enormes unhacas nos dedos mindinhos, com as quais colhe o precioso néctar que lhe brota dos ouvidos.

O meu primo para o meu avô: "Eina avô, as tuas unhas parecem as garras do Wolverine!"