quarta-feira, dezembro 26, 2007

Boas Ideias ontem, hoje e sempre

A Droga Direita - lutando contra a ignorância desde 1973 (está a demorar mais tempo do que eles julgavam)

Image Hosted by ImageShack.us


Bem, já que toda a Internet está a linkar para esta message board no Straight Dope, aproveito e linko também. É sobre um americano super-conservador que se auto-sujeitou à prática de interrogação* conhecida como "water boarding" para decidir por si mesmo se aquilo é ou não tortura**.
Os resultados são surpreendentes***.
E assim concluímos o nosso lambe-botismo aos Imperialistas gringos de hoje.


* "interrogação" como em "tortura"
** Parece que nos E.U. da A. há um debate nacional sobre se afogar alguém constitui ou não tortura... Tão a ver, nos intervalos do debate "Evolução Vs. Criacionismo" é disto que falam.
*** São surpreendentes para aqueles de entre nós que pensam que uma pessoa só porque é americana e de direita é automaticamente idiota.

Ich Bin Ein Americaner

Image Hosted by ImageShack.us


Passou-me despercebida a notícia de que o estado americano de New Jersey aboliu a pena de morte, no passado dia 17 de Dezembro. Parabéns Nova Jérsios!

(Para os cromos do costume que gostam de pensar que tudo o que sai do seu ânus e é castanho é uma opinião válida, fica estoutro link)

Mestre Isplinter Adverte

Foi bom, mas acabou-se.



Ainda assim, e para a viagem, Mestre Isplinter abastece os seus leitores com este já clássico conto de natal, óptimo para todos aqueles que durante o ano seguiram a enjoante e omnipresente história do rapto da Pequenita Médi. O leitor prevenido deixa o vídeo ir mesmo até ao finzinho, para uma súbita surpresa.

Mestre Isplinter Deseja

Feliz Dia de Restos!

terça-feira, dezembro 25, 2007

...Long Live Chouriço

"O Chouriço morreu. Ninguém apareceu no enterro. Ainda assim, e por gostar de foder o juízo às pessoas, nasceu o Chato."

Este é o mote do novíssimo blog do nosso grande Pedro Bala, o "Sei muito bem que sou chato".

Quem diz "novíssimo" diz o mesmo escritor, com o mesmo template, os mesmos assuntos e a mesma forma de escrever.

E ainda bem.

A Mensagem de Natal de Maiquelnaite

Image Hosted by ImageShack.us

Foi ontem

Cerca de 83 toneladas de lenha vão hoje à noite iluminar, aquecer e promover o convívio na tradicional fogueira de Natal de Outeiro Pequeno, freguesia de Assentis, no concelho de Torres Novas, segundo o porta-voz da iniciativa.

É claro que se levantaram logo vozes contra esta bonita festa natalícia, argumentando que era um crime contra o ambiente. Uns tais de ambientalistas. Mas logo a Organização de tão feliz evento desfez as preocupações garantido que toda a lenha a ser queimada é biodegradável, logo sem prejuízo para a Mãe Natureza.

domingo, dezembro 23, 2007

Quanta idiotice

O título da notícia: Jacob Zuma, Um zunami imparável.

O senhor Zuma: "
foi ilibado no caso de violação, apesar de ter chocado muitos sul-africanos com a sua posição machista: alegou que a vítima, 30 anos mais nova, o tinha provocado e admitiu não ter usado preservativo apesar de saber que ela era seropositiva. Disse ainda ter tomado um duche para se proteger de um eventual contágio – uma afirmação, no mínimo, controversa para alguém que era, na altura presidente do Conselho Nacional Contra a Sida da África do Sul."t

Reparem que para o CM o facto do senhor Zuma preferir o duche ao preservativo enquanto método de prevenção contra a Sida merece o adjectivo de Machista e não de Idiota. Opiniões.

sexta-feira, dezembro 21, 2007

segunda-feira, dezembro 17, 2007

sábado, dezembro 15, 2007

Mestre Isplinter Choraminga

Diz Maiquelnaite de um crítico português de cinema que as suas críticas entusiastas a certos filmes são melhores que os próprios filmes.

Talvez isso possa acontecer noutros media (ou talvez não):
A Rock, Paper, Shotgun analisa o mini-jogo/obra-de-arte Passage.

Mestre Isplinter Repreende



O patrocinador do Benfica no ciclismo é a Sagres Zero.
Não faz sentido:

- Toda a gente vai falar do Benfica e ninguém vai saber que o patrocinador é a Sagres Zero (ao contrário dos outros clubes de ciclismo, onde o nome do patrocinador é o nome pelo qual se conhece a equipa).

- Se o bom chefe de família é do Benfica, chega a casa e bate na mulher, não pode de modo algum beber uma bebida sem álcool, que ainda para mais tenta passar por bebida com álcool (cerveja). A cerveja sem álcool é o travesti do mundo do álcool. (O Champomix, o "champagne para crianças" é mau, mas não tanto: será mais como um miúdo com umas mamas falsas no Carnaval... Muito à frente.).

Aliás, o chefe de família benfiquista não pode sequer beber cerveja normal, e nem sequer vinho branco. No chefe de família benfiquista só entram líquidos no corpo na forma de tintol (que não pode ser vinho verde tinto, era só o que faltava: verde!!!) ou quando muito de uma transfusão de sangue (que, note-se, é vermelho - ou "encarnado", para os leitores mais fachos...).


Urge, portanto, a atenção dos dirigentes benfiquistas para questões como esta. E resta lembrar que isto nunca obviamente nunca aconteceria com o Dr. Manuel Vilarinho.




Nem lhe toca!

Mestre Isplinter Nataliza

Uma história de Natal na República Socialista do Vietnã.

terça-feira, dezembro 11, 2007

A minha mensagem de Natal Urbi et Orbi:

O belo do timing

Ora aqui está um belo exemplo de mau timing em publicidade:

Image Hosted by ImageShack.us

sábado, dezembro 08, 2007

A bela da tradução I


a questão da paridade, à maneira do Inimigo Público

Image Hosted by ImageShack.us

6 em cada 10 pessoas pertencem à maioria.

Um novo estudo conduzido pela Universidade Católica concluiu que seis em cada dez pessoas pertencem à maioria, e que as restantes quatro são a minoria. Os partidos políticos com assento parlamentar já se pronunciaram sobre o estudo.

O PS anunciou que vai propor uma lei para proteger as quatro pessoas que constituem a minoria, uma lei da paridade que obriga a que pelo menos duas das seis pessoas da maioria sejam provenientes da minoria de quatro. Bloco de Esquerda e comunistas acusam Sócrates de hipocrisia e de nada fazer para resolver o problema já que, na Assembleia da Republica, as maiorias na votação têm também sempre mais gente que as minorias. "É a desprotecção total de quatro em cada dez pessoas, vergadas ao poder das outras seis. Nós acreditamos que um outro mundo é possível, um mundo em que as quatro pessoas da minoria valerão tanto como as seis da maioria" referiu Francisco Louçã.

À direita, o líder do PP afirmou "este é um assunto que nos preocupa na medida em que existe uma exclusão evidente de quatro pessoas em cada dez. Mas é preciso não esquecer que as outras seis são portugueses e também têm direitos. Além disso nós não alinhamos no politicamente correcto dos outros partidos, tive a oportunidade de reunir há umas semanas com as tais seis pessoas que me asseguraram que as outras quatro afinal eram umas cinco ou seis. Estamos a acompanhar a situação com preocupação".

Luís Filipe Menezes por seu lado disse "este é um problema que o PSD conhece bem, estamos empenhados em encontrar uma solução, propusemos que na AR os votos da maioria dos deputados valham tanto como os da minoria. Mas este não é o momento para nos pronunciarmos, é sim um momento de reflexão".

O presidente do PNR, que por algum motivo este jornal decidiu entrevistar, fez declarações polémicas afirmando que "os outros quatro não são verdadeiros portugueses e, com todo o respeito, deviam era voltar par o país de onde vieram porque em Portugal só cabem seis pessoas."

quarta-feira, dezembro 05, 2007

Não é... mas parece mesmo!

Artigo 176.º
Pornografia de menores

1 - Quem:
a) Utilizar menor em espectáculo pornográfico ou o aliciar para esse fim;

b) Utilizar menor em fotografia, filme ou gravação pornográficos, independentemente do seu suporte, ou o aliciar para esse fim;

c) Produzir, distribuir, importar, exportar, divulgar, exibir ou ceder, a qualquer título ou por qualquer meio, os materiais previstos na alínea anterior;

d) Adquirir ou detiver materiais previstos na alínea b) com o propósito de os distribuir, importar, exportar, divulgar, exibir ou ceder; é punido com pena de prisão de um a cinco anos.

2 - Quem praticar os actos descritos no número anterior profissionalmente ou com intenção lucrativa é punido com pena de prisão de um a oito anos.

3 - Quem praticar os actos descritos nas alíneas c) e d) do n.º 1 utilizando material pornográfico com representação realista de menor é punido com pena de prisão até dois anos.

4 - Quem adquirir ou detiver os materiais previstos na alínea b) do n.º 1 é punido com pena de prisão até um ano ou com pena de multa.

5 - A tentativa é punível.

Matem o mensageiro... e os iluminados da empresa de marketing!


This week, I have been mostly listening to...



Manfred Mann's Earth Band - "Blinded By The Light"

domingo, dezembro 02, 2007

Mestre Isplinter Instrui

Já lá dizia o ditado, "O fado é que induca, o vinho é que instrói".

A despropósito, Mestre Isplinter sabe que há três ou quatro conhecimentos verdadeiramente essenciais para qualquer cidadão nos dias de hoje. Um deles é certamente a faculdade de abrir uma fechadura - sem a respectiva chave, claro está...

Mestre Ispinter cuida que alguns dos seus leitores sejam mestres na arte do "lock-picking", essa instituição de bem viver em comunidade. Mas, para os que o não são, aqui se deixa um tutorial:

http://www.gunslot.com/blog/picking-locks-beginners-guide-lock-picking


Bastante útil e detalhado, não? Mas, caro leitor, se notar bem, é ainda mais que isso, é todo um tratado de fina ironia! Pois repare lá no site. Exacto, é isso mesmo: é um tutorial sobre esgueirar-se para dentro de casas sem ter a chave das mesmas num site de armas.

Pois, e para terminar como se começou, vale o provérbio: Se Maomé não vai à Montanha, vai a Montanha a Maomé.

sábado, dezembro 01, 2007

Dura Praxis sed Praxis o Caralho

O jovem, de 20 anos, sofreu um traumatismo vértebro-medular na região cervical que lhe provocou tetraplegia (perda dos movimentos das pernas e braços), revelou o presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar de Coimbra (CHC-EPE), Rui Pato.
Segundo o Diário de Coimbra, o jovem sofreu esta grave lesão após ter-se lançado, de cabeça, de um escorrega com um desnível de dois metros para um túnel, durante uma actividade de praxe.


Nunca houve regras nas praxes da Agrária, nem nas outras. Há milhares de histórias sobre as praxes lá praticadas, e nenhuma tem piada. Parece, eu não vi, ouvi dizer, que os Drs. desse estabelecimento de ensino ainda são mais burros que os dos outros no que toca à praxe. São os praxistas normais. Por norma, salvaguardando honrosas excepções, os praxistas são "pessoas" que nunca conseguiram afirmar-se em nada. E encontram na praxe uma forma de demonstrar méritos e superioridade. E de estropiar pessoas.