quinta-feira, agosto 30, 2007

O título deste post foi alterado para uma visão mais favorável da realidade


O WikiScanner é demasiado baril. Antes um gajo tinha que andar para trás e para frente para saber quem é que tinha editado as páginas da Wikipedia, checar IPs e merdas complicadas. Agora é simples.

Claro que logo se concluiu que montes de gente andava a alterar as entradas da Wikipedia em seu favor (logo a seguir descobriu-se a roda). O MaltaStar.com fez uma lista das alterações mais macacas. Aqui fica um preview:


- Microsoft tried to cover up the XBOX 360 failure rate
(nem o Christo conseguia "cover up" uma coisa dessas)

- In the 9/11 Wikipedia article, the NRA added that “Iraq was involved in 9/11”
(O NRA?!!! Mas, mas, mas... eles não são apenas uma organização de gente que gosta de espingardas?!)

- FBI edits Guantanamo Bay, removing numerous pictures
(Aaaawh... são tímidos!)

- Amnesty International removes negative comments
(A Amnistia Internacional está a precisar de despedir alguém, "pronto")

- Dog breeding association deletes whole paragraphs about fatal attacks by dogs on humans
(E não podem ter sido os próprios cães a fazerem as alterações?)

- US Republican Party changes the "Post-Saddam" section of the Baath Party article to a different account of the war, changing the language from "US-led occupation" to "US-led liberation"
(Deve ter sido antes da Conservapedia)

- UN address calls journalist Oriana Fallaci a racist ‘prostitute’
(Uma puta que só vai com brancos... Um grande "no-no" para o pessoal das Nações Unidas)

- Someone at Reuters calls Bush “a mass murderer”
(Porque não é só a Fox news que é Fair and Balanced)

- Portuguese government removes entries about Prime Minister’s scandals
(SAY IT AIN'T SO!)

- DieBold, the company that controversially supplied computerised polling stations in the US elections, removes numerous paragraphs with negative comments
(Ok, neste caso estou disposto a acreditar que foi um computador deles que fez isto sozinho porque avariou)

Sem comentários:

Publicar um comentário