sexta-feira, novembro 21, 2008

Ih, ca ganda teca!

Ainda sobre o banho de bola que Portugal levou do Brasil. (quer dizer, eu não vi o jogo, só vi os golos, mas perder por 4 tem que haver sempre algum banhinho, não pode ser só molhar os pés...)

Veio Sua Excelência Gilberto Madaíl, alguém que já se devia ter demitido aí umas trinta vezes, pedir desculpa aos portugueses, porque o que se tinha passado era uma vergonha para Portugal. E não foi só esse desejável demissionário que falou nisso, foram milhares de portugueses (se bem que não os ouvi a todos).

Pedir desculpa aos portugueses. A derrota pesada da Selecção foi uma vergonha para Portugal.

Vergonha? Vergonha tenho eu que hajam pessoas a dormir no chão da rua e a ir buscar comida ao lixo dos supermercados! Vergonha tenho eu de viver num país em que se permite fazer da morte de animais um espectáculo público, em nome da "tradição"!

Agora vergonha de perder um jogo de futebol? Um jogo!?

Para já, isso começa logo por uma cultura egocêntrica em que há um total desrespeito pelo esforço do outro, neste caso o Brasil. Será que quando ganhamos 7-0 ao Liechtenstein também é uma vergonha para eles? Ou aí já fomos nós que pura e simplesmente jogámos melhor?

O outro não conta. O outro não existe. Por causa disto é que há guerras preventivas nos Iraques. Porque é tudo acerca de "nós".

"Ah!", dizem, "mas esta Selecção tinha obrigação de fazer mais"! Tinha? Porquê? "Ah, porque são melhores". Ah sim? Se fossem melhores não tinham perdido por 4, não era? De facto, naquele jogo, e é isso que interessa, o Brasil jogou de forma claramente superior. Por isso, a nossa Selecção pode-se dizer claramente que foi "pior".

O problema é que, para esta cultura, ser "pior" - ser "mais fraco" ou "menos habilidoso" - é uma tremenda humilhação. É a cultura do winner takes it all, a cultura do espezinhanço. É o desprezo pelos valores do desporto.

O pessoal do Brasil joga melhor à bola que nós. E depois? Onde é que está o problema? O pessoal de Cuba joga melhor basebol que nós. Nós somos melhores a correr a Maratona que os Hondurenhos. Qual é o problema, a sério?

Eu jogo pior à bola que o Figo. A sério, pá, jogo. Será que tenho de ter vergonha? Será que o Sr. Gilberto Madaíl acorda todos os dias cheio de vergonha por ser pior a jogar à bola que o Figo? Será que é mesmo uma vergonha ser-se pior a jogar à bola que outras pessoas?

E o pedido de desculpas? Porque raio nos haverão de pedir desculpa? Por não serem tão bons a jogar à bola como os brasileiros? Se não são tão bons como os outros, que culpa têm de perder? E mesmo sendo jogadores que normalmente jogam bom futebol, ali não conseguiram jogar melhor futebol que os outros.

A não ser que se ache, o que é bastante comum, que "eles estão-se borrifando para aquilo, querem lá saber". Talvez, mas é improvável. Se eu, quando jogo a feijões, não me estou borrifando, porquê eles? E mais improvável é, sabendo que os jogos em selecções, pela sua visibilidade, são muito importantes para as suas carreiras - especialmente um jogo contra o Brasil! Epá, ninguém gosta de perder, como aliás se depreende de tudo o que disse acima. Especialmente se se estiver a ser visto por milhões de pessoas. É uma coisa que ainda chateia, estarem milhões de pessoas a verem-te perder. Especialmente quando essas pessoas pensam que quem perde é pior, e que é pecado ser pior.

"Ah, mas eles têm obrigação de fazer um bom resultado, porque ganham fortunas"! Ai sim? Então porque é que não vais lá tu ganhar fortunas e cumprir a tua obrigação de empatar fora contra o Brasil? A sério pá, devias ter ido jogar para o Real Madrid e para o Chelsea! Porque é que não foste? Porque eles são uns privilegiados? Não pá, porque eles jogam melhor que tu! Eles já te davam rabias quando andavas na escola, e se tivesses continuado a jogar futebol como profissional, rabias ainda maiores deles levavas. Por isso não têm de te pedir desculpa, e muito menos por estar a ocupar o teu lugar. Eles ainda são o melhorzinho que há por cá... (Sim, eu sei, tu metias outro lateral esquerdo, e outro central, e assim. Mas a sério, àquele nível, será que o outro gajo que metias ia fazer uma diferença assim tão grande? Será que a tua equipa ia passar de perder por 4 a uma vitória? E sim, eras gajo para meter outro treinador. Venha o diabo e escolha... Qual é que metias, o que empatava contra o Liechtenstein em jogos a contar a sério?)

Sim, o Brasil joga melhor à bola. Porque é que é tão difícil admitir isso? Qual é o problema?



PS: queria pedir desculpa às pessoas da minha terra, porque o Figo joga melhor à bola que eu.

2 comentários: