sexta-feira, setembro 10, 2010

Mestre Isplinter Defende

Que as notificações judiciais avulsas deviam ser cantadas, como aqueles telegramas.

Sem comentários:

Publicar um comentário