sábado, março 06, 2010

Ken Lee

Em sequência dos comentários à posta "jurídica" do Isplinter, resta clarificar:

O Porto não se queixou quando foi do Fernando Mendes porque quando foi do Fernando Mendes ele só cumpriu o castigo quando estava no Belenenses.
Não se pode promover uma norma que não só autoriza mas indica a suspensão preventiva nos casos em que os jogadores são expulsos pelos árbitros, e depois chorar porque o Clube, sim o Clube, está a ser prejudicado por ter tido jogadores, que foram expulsos pelo árbitro, suspensos preventivamente.
É inadmissível esperar meses por uma decisão, no caso concreto, mas se mandares pedras a um gajo e depois esse gajo te espancar, não tens nada que te queixar. Não lhe mandasses pedras.

E agora:


Sem comentários:

Publicar um comentário