quarta-feira, abril 14, 2010

Mestre Isplinter Esperanceia

Avisos: Post chato; política; avisos redundantes

Ontem, Mestre Isplinter recebeu um mail do único eleito pela lista em quem votou nas eleições para a Câmara Municipal.

Nesse mail escrevia: «aprovo ou não aprovo amanhã a compra da propriedade referida no ponto 9? Agradeço que opinem até amanhã (tenho reunião às 17,30) sobre o Ponto 9 do registo que vos anexo...». No mail explicava também qual é a natureza das suas dúvidas quanto a essa questão.

Este candidato coloca os seus apontamentos de todas as reuniões e actos em que participa ou que pratica à disposição dos munícipes na internet. São os seus próprios apontamentos, sem edição ou polimento, sendo por isso por vezes difíceis de apreender se não houver uma noção do que está a falar. Mas estão lá.

O partido que mantém a maioria há um par de décadas recusa-se muitas vezes a explicar as suas decisões, a contactar com os munícipes e apresenta os seus projectos para aprovação aos eleitos dos outros partidos no próprio momento da votação. Mas continua a ser o partido da maioria, enquanto o outro candidato continua a ser eleito isoladamente. É que o da maioria é um dos dois grandes partidos portugueses e outro não.

É mais confortável apoiar os grandes, fazer claque pelos grandes, defender os grandes com unhas e dentes.

Mas ontem um político teve dúvidas, assumiu essas dúvidas e teve a humildade e o sentido democrático de perguntar a opinião dos eleitores para ajudar a formar a sua própria. É de ter esperança.

Sem comentários:

Publicar um comentário